As embalagens ativas e inteligentes são uma nova geração de embalagens que vão além da proteção e preservação. Elas são capazes de interagir com o produto e o ambiente, proporcionando benefícios adicionais para os consumidores e para as empresas.

Ficou curioso para saber mais?

Continue acompanhando para entender os que são estes dois tipos de embalagem, as diferenças entre elas, sua importância e exemplos já existentes no mercado.

O que são embalagens ativas e inteligentes?

Antes vamos explicar o que é cada uma delas, sim, são dois tipos de embalagens e possuem características diferentes, mas que podem ser complementares.

O que são embalagens ativas?

As embalagens ativas são aquelas que liberam ou absorvem substâncias para melhorar a vida útil ou a qualidade do produto.

Elas podem, por exemplo, absorver oxigênio para evitar a deterioração, liberar antioxidantes para combater o envelhecimento ou liberar umidade para evitar o ressecamento.

Exemplos de embalagens ativas:

O que são embalagens inteligentes?

As embalagens inteligentes são aquelas que fornecem informações sobre o produto ou o ambiente. Elas podem, por exemplo, indicar a temperatura do produto, a data de validade ou o nível de frescor.

Exemplos de embalagens inteligentes:

Vantagens das embalagens ativas e inteligentes

As embalagens ativas e inteligentes oferecem uma série de vantagens para os consumidores e para as empresas.

Para os consumidores:

Para as empresas:

Por que elas são importantes?

Se você se interessa pelo menos um pouco pelo universo das embalagens, já deve conhecer as funções básicas do envase de um produto: contenção, proteção, utilidade e comunicação.

Complemente sua leitura: 13 funções da embalagem de produtos

Mas como todo mercado, a indústria de embalagens também inova e acompanha tendências e necessidades do público.

Vamos exemplificar:

Você já ouviu falar sobre a Pirâmide da Hierarquia de Necessidades de Maslow?

Na década de 50, o psicólogo norte-americano Abraham Maslow criou uma teoria que explica como os indivíduos são movidos a ter ações que façam suprir as suas necessidades, indo desde as mais básicas até as mais complexas (das biológicas até as psicológicas).

Desde então, este sistema é usado para entender o comportamento dos consumidores modernos.

embalagens ativas e inteligentes

Consegue entender onde queremos chegar?

As embalagens ativas e inteligentes são importantes porque refletem o cotidiano dos consumidores, falam de uma transformação no comportamento de quem compra.

Não estamos falando sobre desejos dos clientes, como quando uma embalagem é usada como estratégia de marketing, por exemplo. 

Estamos falando sobre a identificação de uma necessidade que não fora atendida até então.

Na verdade, duas necessidades: a mais básica de todas, a alimentação, mas além disso, trata-se de segurança alimentar

Ou, caso prefira, trata-se de saudabilidade.

Nesse caso, as embalagens ativas e inteligentes são peças-chave na busca por uma alimentação segura e de qualidade.

Mas como, de fato, isso é feito? Entenda a seguir sobre como essas inovações acontecem.

Como as embalagens ativas e inteligentes funcionam?

Agora que você já entendeu o que são e qual a importância das embalagens ativas e inteligentes, veja sua aplicação na prática:

As embalagens ativas:

São planejadas para influenciar no produto por meio de agentes aditivos que inibem a degradação do alimento, como por exemplo:

As embalagens ativas podem ser classificadas em dois tipos de sistemas: os sistemas absorvedores e os emissores. 

As embalagens inteligentes:

Essas, por sua vez, funcionam por meio de sensores para sinalizar a condição de um alimento, como por exemplo:

A maioria das embalagens inteligentes utiliza sensores simples – como monitores químicos e de pH – que interagem com a atmosfera interna e detectam a presença de gases, luzes, umidade e outros marcadores de qualidade.

As aplicações Smart Packaging ainda estão no início de seu desenvolvimento no Brasil, mas já têm certa aderência em outros países. 

Sabe-se que é um segmento promissor: pesquisas indicam que o mercado global de embalagens inteligentes está em crescimento rápido, atingindo US$ 48,53 bilhões até 2024.

Toda a cadeia de produção pode se beneficiar destes tipos de embalagens.

Nos pontos de venda, por exemplo, os varejistas podem ter maior controle sobre o estoque, indicando qual o melhor momento para determinados alimentos serem levados às gôndolas.

Ou senão, diversas tecnologias biodegradáveis podem ser utilizadas a favor da sustentabilidade.

E claro, a experiência de compra se torna ainda mais positiva para o consumidor final.

Você consegue imaginar embalagens ativas e inteligentes mas presentes no seu cotidiano?

Seria uma facilidade e tanto, não?

Se você se interessa por esse assunto e gostou do nosso artigo, compartilhe com os amigos para levar o tema para mais pessoas!

O futuro das embalagens ativas e inteligentes

As embalagens ativas e inteligentes são uma tendência em ascensão. Elas oferecem uma série de vantagens para os consumidores e para as empresas, e estão se tornando cada vez mais populares.

À medida que a tecnologia continua a evoluir, as embalagens ativas e inteligentes vão se tornar ainda mais sofisticadas. Elas poderão oferecer novos benefícios, como a personalização dos produtos ou a rastreabilidade da cadeia de suprimentos.

Referências das informações técnicas: “Embalagens Ativas e Inteligentes – Avanços e Perspectivas” e “Embalagens ativas: uma nova abordagem para embalagens alimentícias”.